Presépios Vivos no Natal de Castro Marim


O concelho de Castro Marim será o cenário de dois presépios vivos neste Natal, um na aldeia de Odeleite, nos dias 8, 10 e 11 de dezembro, e outro na vila de Castro Marim, de 15 a 18 de dezembro. Estas recriações históricas do nascimento de Jesus, com a colaboração de artesãos e produtores do concelho nas genuínas mostras dos ofícios dessa época, vão animar esta época festiva.
A aldeia presépio, como já é conhecida a aldeia de Odeleite pela sua tradição do presépio vivo, reúne mais de 50 figurantes, a trabalhar na recreação do nascimento de Jesus, e, em simultâneo, organiza um mercado com os melhores produtos locais, que fará, com certeza, as delícias dos visitantes com as iguarias tradicionais desta época. Para além da recreação do presépio, propriamente dita, a aldeia acolhe os visitantes com um rico conjunto de atividades, para todas as faixas etárias.
Os mais pequenos poderão experimentar passeios de burro, participar em jogos tradicionais e também «meter a mão na massa», nos ateliers de pão, da filhó e da empanadilha, que decorrem na Casa de Odeleite, um espaço de dinamização cultural da aldeia, onde também se poderá visitar a exposição «Pela nossa Serra», com trabalhos resultantes de um passeio fotográfico organizado pelo Centro de Cultura e Desporto do Pessoal da Câmara Municipal de Castro Marim, que decorreu na freguesia de Odeleite, no mês de maio.
Canções, cânticos e danças alusivas ao Natal vão dinamizar o recinto do Presépio Vivo. Por lá passarão então as melodias trazidas pelo Grupo Infantil do Infantário de Odeleite, malabaristas e cuspidores de fogo, da Associação Artística Satori, o grupo de dança Splash e ainda teatros, encenações e canções dos alunos do Agrupamento de Escolas de Castro Marim. Os dias na aldeia presépio terminam sempre com um saboroso caldo verde, junto à fogueira de Natal. A Aldeia Presépio de Odeleite é uma iniciativa da Associação Social da Freguesia de Odeleite, com o apoio da junta de freguesia local e do município de Castro Marim.
De 15 a 18 dezembro é a vez de Castro Marim se vestir para o nascimento de Jesus, numa organização do pelo Centro de Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Castro Marim. Com palco no Castelo e com a participação e entusiasmo de mais de 50 figurantes trajados à época, esta iniciativa do CCD esmera-se por conseguir uma rigorosa e autêntica recriação do nascimento de Jesus. Neste presépio vivo também não vão faltar as representações de artes e ofícios ancestrais, como as lavadeiras, as bordadeiras, as fiadeiras e os sapateiros. Destaque ainda para a exposição de presépios particulares na Igreja do Castelo, que reúne diferenciadas representações do nascimento de Cristo, de diferentes países, que variam em tamanho, estilo, número de figuras, materiais mais clássicos até outros mais singulares, resultantes das manifestações culturais e religiosas de cada território.


0 comentários:

Enviar um comentário