EC Travel comemorou seis anos de vida com festa de arromba

 

Eliseu Correia tinha prometido que a noite de 3 de dezembro ia ser inesquecível e não defraudou as expetativas, com cerca de 350 convidados a vibrarem intensamente com as atuações dos Fandango, Entre-Aspas, Deolinda e Bubba Brothers. Uma noite que foi também, como de costume, de solidariedade social, com mais de sete mil euros entregues à pequena Miriam Freitas, de São Brás de Alportel.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Daniel Pina

A noite de 3 de dezembro ficará certamente na memória das 350 pessoas que participaram na festa do 6.º aniversário da EC Travel, no Real Marina Hotel & SPA, em Olhão, unidade de cinco estrelas que esteve, durante este fim-de-semana, totalmente reservada para os muitos convidados e artistas do evento. Uma festa que começou cedo, com Eliseu Correia a dar as boas-vindas aos mais madrugadores logo a partir das 18h, trajados a rigor, com direito a pin e t-shirt exclusivos e, claro está, a uma foto de recordação no photowall da praxe.
As condições atmosféricas não estavam muito agradáveis, a chuva e vento faziam-se sentir com alguma intensidade, para desgraça dos penteados das senhoras, mas nada que apoquentasse Eliseu Correia, que já está habituado a estas partidas do São Pedro. E habituados estão também os convidados, a nata do trade algarvio e nacional, empresários, hoteleiros, dirigentes associativos, que aceitaram prontamente o desafio para uma verdadeira maratona de animação e boa-disposição. Isto porque, dizia o programa, a festa ia prolongar-se quase até ao sol nascer.
Com o hall de entrada muito bem composto, os primeiros artistas a entrar em ação foram os Fandango, projeto de Gabriel Gomes (Sétima Legião e Madredeus) e Luís Varatojo (Peste & Sida e A Naifa) que combina a música tradicional portuguesa com as novas sonoridades da música eletrónica. Feito o check-in dos últimos convidados, foi tempo de rumar à sala de jantar, onde Eliseu Correia relembrou que a noite teria, como de costume, um caráter social, sendo que, este ano, todos os esforços estavam concentrados para ajudar Miriam Freitas, jovem de São Brás de Alportel portadora de paralisia cerebral. Para esse fim, encontravam-se mealheiros em todas as mesas, onde poderiam ser colocados os donativos pessoais, com a certeza de que, no final, a EC Travel iria acrescentar o dobro do montante arrecadado.
O ambiente era de festa, de reunião da família EC, praticamente todos se conhecem de outros eventos, mas também do contato profissional do dia-a-dia, pelo que eram constantes as mudanças de lugar nas mesas vizinhas para se pôr a conversa em dia. Depois, foi a vez de se escutar os velhos hits dos Entre-Aspas, com a banda de Viviane e Tó Viegas a subir ao palco e a fazer os presentes recuarem alguns anos ao passado, antes da vocalista ter abraçado uma carreira a solo. A jogar em casa, os Entre-Aspas puseram toda a gente a cantar e dançar e estava dado o mote para uma noite que seria, sem dúvida, de arromba.
Os ponteiros do relógio já tinham passado a meia-noite quando todos os funcionários da EC Travel se juntaram a Eliseu Correia para a cerimónia do bolo de aniversário. Momentos emotivos, sobretudo para aqueles que estão nesta aventura desde o início, mas também para os mais novatos, que depressa são contagiados pela magia especial desta empresa. Em palco, e na sala, cantou-se o mítico «We Are The Champions» dos Queen, antes de Eliseu Correia soprar as velas e agradecer a presença de todos nesta data especial. E mais tempo não havia para palavras, porque os Deolinda já estavam prontos para darem também o seu contributo. Ana Bacalhau e seus compinchas voltaram a mostrar o porquê de serem uma das principais bandas portuguesas da atualidade, com o novo fado misturado com o pop a deixarem em delírio os convidados, portugueses e estrangeiros.
Enquanto isso, Eliseu Correia desaparece de cena, assim como duas dezenas de jovens, e começa a notar-se um frenesim no hall de entrada do Real Marina Hotel & SPA, que tinha, inclusive, uma nova decoração, montada há poucos instantes. Um cenário que nos transportava para o ambiente dos filmes do mais famoso espião de todos os tempos, James Bond, não fosse o tema da festa precisamente «006 – Licença para Vencer».

Terminado o concerto dos Deolinda, ficou-se a saber que os donativos para a causa da pequena Miriam tinham superado os dois mil euros, com Eliseu Correia a juntar mais cinco mil euros ao bolo, uma ajuda importantíssima para Sandra Domingos prosseguir com os tratamentos da filha rumo às melhoras que todos nós desejamos se venham a concretizar. E foi com esta boa notícia que o foco das atenções se virou para o hall e não foi preciso esperar muito tempo para se ouvir o feroz rugido do Aston Martin de James Bond a entrar pelas portas do hotel adentro.
Saem Eliseu Correia e Justino Santos, agora na pele dos Bubba Brothers, que são imediatamente rodeados por duas dezenas de estonteantes Bond Girls. É com esta lindíssima escolta que os dois ocupam a sua posição junto às mesas de mistura, para mais uma atuação fantástica duma dupla de dj’s que deu bastante nas vistas ao longo de 2016. Assim prosseguiu a festa, quase até ao sol nascer, com a esmagadora maioria dos convidados a não arredar pé enquanto não soou a última música. Agora, é esperar por 2017, com a festa do aniversário a realizar-se em conjunto com a gala de atribuição dos Algarve Travel Awards. 

0 comentários:

Enviar um comentário