Biblioteca Municipal de Albufeira abriu portas ao empreendedorismo e inovação


A sala polivalente da Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira, abriu as portas para receber mais uma sessão do «Autarquia Inova», um roadshow organizado pelo CRIA – Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia da Universidade do Algarve em colaboração com o NERA – Associação Empresarial do Algarve, a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve e o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional do Algarve com o objetivo de promover o empreendedorismo e a inovação na região do Algarve. “Vivemos num mundo em que, cada vez mais, as pessoas e as empresas têm que apostar no empreendedorismo e na inovação. Não nos podemos conter se quisermos alcançar o sucesso a nível individual e empresarial”, considerou o edil Carlos Silva e Sousa durante a sessão de abertura. O autarca albufeirense destacou a vocação turística do concelho, referindo que ainda há muitas áreas onde é possível crescer a nível empresarial. Manifestou igualmente imenso orgulho nos empresários do concelho, que se têm vindo a destacar, nomeadamente a nível de PME líder e PME Excelência, motivando e incentivando o tecido empresarial do concelho com o seu exemplo.
Luís Rodrigues, em representação do CRIA, explicou que o «Autarquia Inova» apresenta dois grandes objetivos: por um lado estimular iniciativas empreendedoras que resultem na criação de novas empresas, contribuindo para a diversificação da economia; por outro, promover a incorporação de inovação no tecido empresarial da região. O programa aposta forte na disseminação de boas práticas e na apresentação de testemunhos de empresas algarvias que desenvolveram projetos na área da investigação, desenvolvimento tecnológico e de inovação. “Ser empreendedor é difícil, mas existem muitas oportunidades, nomeadamente a nível do financiamento, que é importante saber aproveitar”, alertou Luís Rodrigues, chamando a atenção dos participantes para a possibilidade de se poderem candidatar, até 24 de março, à edição de 2016 do «Ideias em Caixa», um concurso de ideias promovido pela Universidade do Algarve, através do CRIA, destinado à criação de empresas inovadoras.


Durante a sessão da manhã, que foi dedicada ao empreendedorismo, foram apresentadas as seguintes comunicações: «Da ideia aos primeiros euros – principais etapas na criação de um negócio», por Rodrigo Beja, consultor; «Sistemas de incentivos à criação de empresas», por João Castro do IEFP; «Empreendedorismo na primeira pessoa», com dois testemunhos dos empresários algarvios, Ricardo Barradas e Pedro Bacalhau. Um dos destaques da manhã passou pela apresentação do CAE – Centro de Acolhimento Empresarial de Albufeira, por Paulo Dias, Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira e responsável pelo AGE – Gabinete de Empreendedorismo do Município, um serviço que surgium em 2012, “numa altura em que o país estava numa crise económica profunda e com graves problemas de desemprego”.
O AGE assenta em cinco pilares essenciais: competitividade; promoção da empregabilidade e formação; empreendedorismo, formação empresarial e captação de investimento. O Gabinete aposta na implementação e reforço de uma rede de contactos que são colocados à disposição de quem procura o serviço. Quanto ao CAE, trata-se de mais uma valência que a autarquia coloca à disposição do tecido empresarial do concelho. O espaço localiza-se na antiga Pista de Radiomodelismo, junto à Escola Secundária e ao Mercado Municipal.
A sessão da tarde foi dedicada à inovação empresarial e abordou os seguintes temas: «Apoios financeiros à Inovação Empresarial: CRESC2020, MAR2020, PDR2020, Valorizar» (Jorge Graça, consultor); «A Universidade do Algarve como parceiro de projetos de inovação empresarial» (Hugo Barros); e ainda dois testemunhos de Inovação nas empresas (Francesco Berrettini – Inesting e José Carlos Leandro - Hotel Alísios). 

0 comentários:

Enviar um comentário