DiVaM 2017 dá destaque aos Lugares de Globalização


«Lugares de Globalização» é o tema central do programa cultural DiVaM 2017-  Dinamização e Valorização dos Monumentos, que será apresentado em cerimónia pública no Castelo de Paderne, dia 8 de abril. Esta é a 4ª edição do programa de dinamização e fruição cultural, desenvolvido pela Direção Regional de Cultura do Algarve desde 2014, que tem como principal objetivo promover uma dinâmica cultural nos monumentos e aproximar as comunidades do seu património.
São sete os monumentos algarvios integrados neste programa cultural, todos eles afetos à DRCAlg: Ruínas Romanas de Milreu, Castelo de Loulé, Castelo de Paderne, Monumentos Megalíticos de Alcalar, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, Fortaleza de Sagres e Castelo de Aljezur. O DiVaM 2017 conta com a parceria de 19 associações culturais, vários municípios algarvios - nomeadamente os municípios de Albufeira, Aljezur, Faro, Loulé, Portimão e Vila do Bispo – e outras entidades, oferecendo às comunidades, residentes e visitantes, um programa diversificado consolidado em sete ciclos temáticos que integram música, artes performativas, artes visuais, atividades ao ar livre, workshops e palestras.
A cerimónia de apresentação do DiVaM terá início pelas 16h, com a presença da comunicação social e entidades parceiras, seguida, pelas 17h, de «Tantos Mundos num só lugar – Pátria a 10 vozes», um trajeto de globalização, através da música em língua portuguesa, cantada e narrada pelas vozes do Coral Feminino Outras Vozes, concerto organizado pela Associação Cultural Música XXI.