Fórmula 1 em Motonáutica regressa a Portimão


Portimão volta a acolher uma prova do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em Motonáutica, um dos mais emocionantes desportos de alta velocidade a nível mundial. A prova decorre entre os dias 21 e 23 de abril, no estuário do rio Arade, e regressa com o aliciante de incluir dois espetáculos desportivos imperdíveis na modalidade de F4 e F1. Com nove equipas participantes e 18 grandes pilotos, oriundos de 11 países diferentes, a especialidade de F1 é a mais antiga e bem-sucedida da união internacional de motonáutica.
Pela oitava vez nos 36 anos de história do Campeonato do Mundo, a abertura da época terá lugar em Portimão, no 15.º Grande Prémio de Portugal / Algarve. A partir daí, o campeonato dirige-se para Evian, nas margens do lago Leman, onde decorrerá no início de Julho o Grande Prémio de França. Seguem-se as provas no sudoeste asiático e nos Emirados Árabes Unidos, onde a modalidade é seguida apaixonadamente por milhares de pessoas. Após o Grande Prémio da China, em Harbin, em Agosto, terão lugar os Grandes Prémios da Ásia em Setembro-Novembro (em locais a anunciar) e os dos Emirados Árabes Unidos em Dezembro – primeiro, o Grande Prémio de Abu Dhabi ao que se segue, alguns dias depois, o Grande Prémio de Sharjah.
Portimão em geral e o Rio Arade em particular oferecem excelentes condições para a realização de provas desportivas desta natureza. O município tem sido palco, na última década, de múltiplos grandes eventos pelo que tem um capital de know-how acumulado bastante grande que permite que o melhor apoio logístico seja oferecido aos organizadores deste Grande Prémio. Adicionalmente, o Rio Arade permite a realização de uma prova de grande espetacularidade, num circuito bastante técnico de quase dois quilómetros, implantado entre a ponte rodoviária e o Convento de São Francisco. No ano passado, uma prova bastante competitiva saldou-se com a vitória final do piloto francês Philippe Chiappe, tendo o representante português Duarte Benavente alcançado o oitavo lugar. Os treinos, as classificativas e as provas não são as únicas atrações deste evento. A zona do Paddock, composto por uma área de 13 mil e 800 metros quadrados, é a maior de todo o circuito mundial e permite aos espectadores visitarem as boxes e terem contacto com os melhores pilotos e equipas do mundo da modalidade.
Esta prova insere-se numa estratégia da Associação Turismo de Portimão de continuar com a realização de grandes eventos capazes de atrair milhares de pessoas, tendo por isso trabalhado para manter na cidade este evento de nível mundial. Acresce que a realização desta prova num fim-de-semana prolongado (com o feriado do 25 de abril), possibilitará aos interessados de fora do Algarve uma escapadinha com adrenalina em Portimão, permitindo-lhes usufruir ao mesmo tempo das emoções fortes da alta velocidade e de tudo o que Portimão oferece ao nível do património natural, praias, gastronomia, e outros atrativos para toda a família.
A prova é uma organização da F1h20/UIM, com organização local da Associação Turismo de Portimão e Município de Portimão, contando com o apoio local da Capitania do Porto de Portimão; Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A., EMARP e Turismo do Algarve, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Motonáutica e do Clube Naval de Portimão; Media Partner: Correio da Manhã TV e jornal Correio da Manhã e o patrocínio do grupo Interpass; Autorent; Delta cafés, restaurante Myself e Turismo de Portugal.

0 comentários:

Enviar um comentário