Lagos vai ter primeiro Cemitério para Animais do Algarve


A cerimónia de lançamento da primeira pedra do Cemitério para Animais, em Lagos, teve lugar no dia 20 de março, junto ao canil municipal. A construção deste equipamento foi um dos três projetos mais votados do Orçamento Participativo de Lagos 2016 e estará pronto em junho, sendo o primeiro do Algarve e o terceiro a nível nacional.
A obra contempla a construção, numa primeira fase, de um módulo de inumação aeróbia com 39 unidades, de dimensões diferenciadas para animais de grande, médio e pequeno porte, bem como o arranjo de espaços verdes exteriores, nomeadamente mobiliário urbano e a construção de uma arrecadação. A empreitada foi adjudicada à firma OCM – Obras, Construção e Manutenção, Lda., pelo valor de 41 mil e 224,58 euros, acrescido de IVA. “Será um espaço simbólico e de memória”, explicou António Marques, coordenador e representante da empresa autora do projeto, lembrando a propósito palavras de São Francisco de Assis que falava dos animais “como sendo também nossos irmãos”.
Maria Joaquina Matos, Presidente da Câmara Municipal de Lagos, elogiou a proponente deste projeto, Cecília Paula do Carmo, também presidente de uma das mais importantes associações para a defesa dos animais, a Associação Cadela Carlota, que tem abraçado desde há muitos anos esta causa. “É um projeto pioneiro no Algarve, apenas existem cemitérios para animais no Jardim Zoológico de Lisboa e no distrito de Aveiro, em Santa Maria de Feira, e é um sinal de respeito para com os nossos animais, proporcionando-lhes uma digna última morada. Este é o primeiro passo da construção de um local de afeto e ternura para os nossos animais de companhia, dando igualmente corpo à nova legislação que entrou em vigor nesta área”.

0 comentários:

Enviar um comentário