Luís Conceição leva Metrópolis à Ermida de São Sebastião

No dia 25 de março, pelas 18h, a Ermida de São Sebastião acolhe o projeto Metrópolis (piano e projeção) com o pianista e compositor Luís Conceição. O filme «Metrópolis» é um clássico do cinema mudo realizado, em 1927, por Fritz Lang. Atual pela mensagem transversal da luta de classes nas sociedades contemporâneas, esta obra é um marco cinematográfico pelos efeitos especiais inovadores e pela excelência do elenco. Nesta versão transformada do clássico, Luís Conceição acompanha a imagem com música original da sua autoria e improvisação. 
Luís Conceição nasceu em 1974. Iniciou os estudos musicais com cinco anos, no Conservatório Regional do Algarve, tendo concluído o Curso Geral de Piano. Licenciou-se em Ciências Musicais, na Universidade Nova de Lisboa, e, em Piano, na Universidade de Évora. Trabalhou como pianista acompanhador, professor de piano e de história da música em diversos conservatórios nacionais.
Enquanto pianista e compositor apresentou-se em inúmeras salas nacionais e internacionais, a solo e em formações de câmara e orquestras. Como compositor tem mais de 250 obras, desde 1993, parte delas gravadas em cinco cd’s de edição de autor. A sua linguagem é, essencialmente, de fusão, apresentando afinidades com a música étnica, erudita e jazz. Leciona, atualmente, na Academia de Música de Tavira e lidera vários projetos musicais, onde privilegia a interdisciplinariedade das artes, nomeadamente, uma relação simbiótica entre música, poesia e cinema. Destes projetos destacam-se o «Trio Osmose», «Entre nós e as palavras» e «Metrópolis». Luís Conceição é, também, autor de obras pedagógicas para crianças no domínio do piano.