Folar gigante voltou a fazer as delícias de olhanenses e visitantes


Foram centenas as pessoas, olhanenses e visitantes, que acorreram, no dia 8 de abril, ao Largo da Restauração, para se juntarem à festa do folar gigante promovida anualmente pelo chef Filipe Martins, com o apoio do Município de Olhão. Medindo cerca de 100 metros, o folar gigante deste ano juntou ao folar tradicional de Olhão, uma iguaria pascal conhecida internacionalmente, variedades mais ou menos «exóticas», tradicionais ou resultado da criatividade do chef pasteleiro olhanense: o folar típico da Serra, o de figo, amêndoa e laranja, o de batata-doce, o de azeite e o de chocolate.
Este ano, fruto da inspiração nos folares tradicionais do norte de Portugal e de ideias recolhidas em viagens recentes a vários países da Europa, Filipe Martins introduziu a inovação do folar de carnes, cuja receita inclui, para além de ervas aromáticas típicas da Ria Formosa, como a inula, enchidos, chouriço espanhol, pepperoni italiano, bacon, presunto, ou fiambre. Esta novidade despertou a curiosidade dos presentes, que não quiseram deixar de provar a inovação.


Como habitualmente, o folar gigante teve uma vertente solidária e, por cada fatia distribuída, foi solicitada uma contribuição monetária simbólica, que reverte na sua totalidade a favor de uma instituição, nesta caso a APPDA (Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo do Algarve. 


0 comentários:

Enviar um comentário