Município de Aljezur e Polis Litoral Sudoeste apresentaram Projeto de Interpretação do Pontal da Carrapateira


O Pontal da Carrapateira é um ponto de referência na Costa Vicentina, cujo património cultural e natural, importa conhecer e divulgar, contribuindo para a sua preservação. O Museu Vivo consubstancia-se num percurso interpretativo circular que pretende criar sinergias entre o território e o Museu do Mar e da Terra, permitindo aos visitantes vivenciar, em contacto direto, os valores naturais, culturais e geológicos deste território ímpar, incentivando os visitantes a sair do Museu e a visitar o Pontal da Carrapateira ou, após a visita ao Pontal, visitarem o Museu.
Este percurso – Museu Vivo, materializa-se com a integração de dois painéis de boas vindas junto à Praia do Amado e junto à Praia da Bordeira, bem como com painéis informativos em forma de letras do abecedário a instalar junto de pontos de interesse na Aldeia e no Pontal, através dos quais o visitante poderá obter informação interpretativa da paisagem e do local a dois níveis de leitura: Informação sucinta inscrita nas letras/Totens – Leitura rápida e esclarecedora; Informação mais aprofundada alojada no sitio da internet do Município com acesso através de QR CODE incrustado na Letra/Totem – Imagens, vídeos, localizações georreferenciadas, contactos, etc..
Trata-se de um investimento de 157 mil e 768 euros, assegurado em 70 por cento através do Algarve 2020 e em 30 por cento pela Sociedade Polis Litoral Sudoeste. O projeto foi apresentado publicamente no dia 3 de abril e recolheu os pareceres favoráveis de todas as entidades, seguindo agora para concurso público. Atendendo à proximidade do Verão, foi opinião unânime das entidades envolvidas que apenas será executado a partir de 15 de setembro.