Prémio de Fotojornalismo «Estação Imagem 2016» mostra-se no Algarve


A exposição dos trabalhos vencedores do Prémio Estação Imagem 2016 já pode ser vista no Algarve, numa iniciativa dos Encontros de Fotografia de Lagoa, fruto da colaboração entre a Câmara Municipal de Lagoa, a Universidade do Algarve e a Associação ESTAÇÃO IMAGEM. A mostra estará patente ao público no Parque Municipal do Sítio das Fontes, em Estômbar, entre 7 de abril e 6 de maio, e depois na Biblioteca António Rosa Mendes, no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve, em Faro, entre 11 de maio e 9 de junho. No Parque Municipal do Sítio das Fontes haverá um «soft opening» no dia 7 de abril, a partir das 17h, e depois a exposição poderá ser visitada de terça a sábado, das 11h às 13h e das 14h às 18h.
O fotojornalista português Mário Cruz foi o principal vencedor da edição de 2016 do Prémio Estação Imagem, com a série fotográfica «Talibés, escravos contemporâneos», registada no Senegal e na Guiné-Bissau, em maio e junho de 2015. Foi um trabalho sobejamente premiado, já que venceu também o 1.º prémio da categoria «Contemporary Issues» no World Press Photo 2016, o POYi 2016 - Picture of the Year Internacional na categoria «Issue Reporting Picture Story», e também foi reconhecido nos Magnum Photography Awards 2016.
Para além «Talibés, escravos contemporâneos» estão expostos trabalhos de outros nove fotojornalistas: Gabriel Tizón, Bruno Colaço, Nuno Pinto Fernandes, Leonel de Castro, José Carlos Carvalho, Nuno Fox, Gonçalo Delgado, Vlad Sokhin e Pedro Armestre.  


0 comentários:

Enviar um comentário