Dulce Pontes atua em Albufeira no Dia de Camões

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas vai ser celebrado pelo Município de Albufeira, no dia 10 de junho, com um espetáculo de Dulce Pontes, no Largo dos Paços do Concelho, às 21h30. A cantora, compositora e letrista de 47 anos, com mais de 25 de carreira, já recebeu os prémios Luigi Tenco e Fondazione Maria Carta, em Itália, o Amigo, para a melhor solista feminina, e Microfone de Ouro, em Espanha, entre muitas outras distinções.
Dulce Pontes vem a Albufeira apresentar o seu novo álbum, «Peregrinação», constituído por dois CD com temas inéditos de autoria da intérprete, recriações do repertório de Amália Rodrigues e canções em espanhol. Cantado em português, castelhano, galaico-português e com um tema em inglês, o álbum reflete a vivência da artista, o caminho que tem percorrido nos últimos cinco anos, numa viagem interior e emocional sobre a vida.
Dulce Pontes representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção 1991, em Roma, com o tema «Lusitana Paixão», que ficou em oitavo lugar. No ano seguinte editou o seu primeiro disco, «Lusitana» e, em 1993, com o disco «Lágrimas», começou a desenhar um percurso próprio onde – apesar de ter sido por muitas vezes considerada uma possível sucessora de Amália Rodrigues – o fado é apenas um dos componentes. Nesse disco Dulce apresentou o resultado das primeiras pesquisas nas áreas da música popular portuguesa, de raiz africana, árabe e berbere. A artista tem dado um grande contributo para a divulgação da música cantada em língua portuguesa, ajudando a reabrir caminhos para que outros artistas lusitanos viessem a frequentar cenários internacionais e também para que os jovens artistas começassem a redescobrir o fado.

0 comentários:

Enviar um comentário