Postos de Turismo do Algarve atenderam mais de meio milhão de turistas em 2016


Cerca de 588 mil turistas procuraram os postos de turismo da Região de Turismo do Algarve (RTA) em 2016 para obter informação sobre a oferta turística do destino e, no final, ficaram muito agradados com o atendimento prestado, segundo o relatório que avalia a satisfação dos utentes destas infraestruturas. No ano em que o Algarve registou a marca recorde de 18,1 milhões de dormidas, os 21 postos de turismo assumiram um papel cada vez mais importante no acolhimento de quem escolhe esta região para as suas férias. “O atendimento nos postos de turismo pode motivar a permanência e o retorno do turista, assim como a perceção que este tem do destino, ao influenciar a eleição dos lugares a visitar”, afirma o presidente da RTA, Desidério Silva.
Julho, agosto, setembro e outubro foram os meses de maior afluência aos postos de turismo, sendo agosto aquele em que se verificou um maior número de atendimentos (91 mil e 376). Os postos de turismo de Faro, Lagos e Tavira foram os que registaram uma maior procura durante o ano, com atendimentos a rondarem os 89 mil, 61 mil e 58 mil, respetivamente. De uma forma generalizada, os turistas preferiram visitar os postos de turismo do que recorrer ao apoio telefónico. De acordo com um inquérito de satisfação realizado aos utentes, estes manifestaram-se muito satisfeitos com o serviço prestado pelos postos de turismo e destacaram a qualidade do serviço e do atendimento, assim como a localização e acessibilidades dos equipamentos, a atenção e amabilidade do pessoal e a qualidade do material distribuído.
De realçar que os 21 postos de turismo da RTA estão certificados, desde 2014, com a norma de qualidade ISO:9001, resultado de um projeto que tornou os serviços mais eficientes, tendo por objetivo o aumento da satisfação dos visitantes que procuram estas estruturas durante as férias na região. Esta certificação acaba de ser renovada até 2018. “Os postos de turismo têm um papel importantíssimo no acolhimento dos turistas e na promoção da nossa oferta. Neles disponibilizamos informação sobre circuitos temáticos, programas culturais, património, atividades desportivas e informações úteis ao visitante, de uma forma personalizada. Nos últimos anos temos investido na melhoria das condições dos postos, na oferta de novos serviços (por exemplo a maioria das estruturas já disponibiliza serviço de wifi gratuito) e na formação de recursos humanos”, explica Desidério Silva.
Este ano, com as previsões a apontarem para uma maior procura pelo Algarve, espera-se uma maior afluência aos postos de turismo. Neste âmbito, será inaugurado um novo posto de turismo no Aeroporto de Faro, face ao aumento do número de passageiros da estrutura aeroportuária (+18,5 por cento em 2016, em comparação com 2015).