Algarve 2020 aprovou mais 6,4 milhões de euros de comparticipações de fundos europeus


A Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional CRESC ALGARVE 2020 aprovou mais 6,4 milhões de euros de comparticipações de fundos europeus para candidaturas apresentadas por instituições e empresas da região, no valor global de 10,95 milhões de euros de investimento. A maioria das decisões de aprovação centra-se no «Eixo 4 – Reforçar a competitividade do território», destinando-se a medidas de salvaguarda do património cultural (três milhões, 635 mil e 880,51 euros), medidas destinadas a melhorar o ambiente urbano e a revitalizar as cidades, no contexto dos PARU’s - Planos de Ação de Regeneração Urbana (dois milhões, 13 mil e 168, 35 euros), projetos de promoção turística e realização de eventos (164 mil e 63,54 euros) e modernização da QUALAR - Rede da Qualidade do Ar (70 mil euros), representando cinco milhões, 883 mil e 112,40 euros de comparticipações. Pela sua importância em relação à valorização do património cultural urbano, destacam-se as aprovações dos projetos de reabilitação do Cineteatro António Pinheiro (Tavira) e de recuperação do Solar Gama Lobo (Loulé), bem como a admissão das candidaturas dos PARU’s de Castro Marim e Lagoa, no âmbito dos quais estão previstos 2,78 milhões de euros de investimento.
No «Eixo 2 – Apoiar a internacionalização, a competitividade empresarial e o empreendedorismo» foram atribuídos um conjunto de incentivos no valor 645 mil e 917,10 euros, maioritariamente para o desenvolvimento de estratégias de reforço da capacitação e promoção das empresas sediadas nas áreas de acolhimento empresarial, nos termos do regulamento do SIAC Algarve - Sistema de Incentivos às Ações Coletivas. Nos domínios do «Eixo 5 – Investir no Emprego», foi aprovada uma comparticipação de 105 mil e 600 euros relativa a candidatura destinada a melhorar a empregabilidade da população através do desenvolvimento de competências para o mercado de trabalho, a qual prevê promover 74 mil e 500 horas em diversas áreas de formação e envolver dois mil e 220 formandos.
Em termos globais, o Programa Operacional Regional CRESC ALGARVE 2020 contempla um valor de 318,7 milhões de euros, provenientes do FEDER e do FSE, destinados a operações enquadráveis no Acordo de Parceria PORTUGAL 2020.


0 comentários:

Enviar um comentário