Autarquia de Loulé atribui mais de 230 mil euros a associações culturais


São 18 as associações culturais e recreativas do Concelho de Loulé que assinaram, no dia 7 de junho, contratos-programa com a Câmara Municipal de Loulé, através dos quais a Autarquia atribuiu uma verba de 238 mil euros para apoiar as atividades desenvolvidas pelas coletividades Ao Luar Teatro, APALGAR, APROMAR, Associação Social e Cultural da Tôr, Associação Artística Satori, Associação Amigos do Alentejo, Fundação Manuel Viegas Guerreiro, Centro Social e Cultural Parragilense, Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva, Associação Geonauta, Associação dos Amigos da Cortelha, Associação Cultural de Salir, Associação Grupo de Amigos de Loulé, Casa da Cultura de Loulé, Associação Cultural e Recreativa das Barrosas, Associação «Os Barões», Associação Juvenil Akredita em Ti e Associação Amigos do Rancho Folclórico e Etnográfico de S. Sebastião.
A atribuição deste apoio financeiro, cujo montante global é superior ao do ano transato em cerca de 5 por cento, obedeceu a critérios “justos e objetivos, em função do desempenho das diferentes coletividades”, como explicou o presidente da Autarquia, Vítor Aleixo. O responsável falou ainda de outros apoios do Município atribuídos às associações ao longo do ano, nomeadamente o apoio logístico, transporte ou cedência de espaços que permitem que estas organizações possam desenvolver uma série de projetos e espetáculos na área da cultura. Também nesta área, a Autarquia promove um vasto programa, nomeadamente no Cine-Teatro Louletano. “A cultura é uma área de intervenção estratégica para o Município de Loulé, na qual investimos muito fortemente porque entendemos que pode contribuir, com poucas ferramentas à nossa disposição, para elevar o cidadão naquilo que ele tem de melhor: liberdade crítica, abertura ao mundo, tolerância, sentido estético da vida e capacidade de apreciar o belo”, realçou o edil.


0 comentários:

Enviar um comentário