Escola EB1/JI N.º 4 de Olhão vai ser requalificada durante as férias de Verão


No início do próximo ano letivo, a Escola EB1/JI N.º 4 de Olhão vai abrir portas à comunidade escolar com condições melhoradas, após a intervenção que vai sofrer no período da interrupção letiva de verão. A assinatura da empreitada de pintura exterior do conjunto de edifícios foi assinada, no dia 26 de junho, com a empresa «José Quintino, Lda.» e as obras, no valor de 59 mil e 500 euros estarão concluídas 60 dias depois da data da consignação.
Na ocasião da assinatura do documento, o presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina, lembrou que as obras que têm vindo a ocorrer no parque escolar do concelho inserem-se num conjunto mais vasto de intervenções de requalificação e manutenção do edificado e da rede viária ao cuidado da Autarquia. “As Câmaras Municipais desempenham um papel muito importante na manutenção das escolas e equipamentos dos respetivos concelhos e essa é uma missão em relação à qual temos estado bastante atentos, até porque não basta construir. É necessário, ao longo do tempo, cuidar do património que é de todos nós”, frisou o edil.
Na Escola EB1/JI N.º 4, quer os edifícios centenários, quer os edifícios mais recentes, serão alvo desta intervenção no exterior, que se estenderá também à entrada e aos muros de vedação. De uma forma geral, os trabalhos previstos pretendem proceder à reparação de fissuras, rebocos e pintura das fachadas. Os edifícios mais modernos, nomeadamente o do pré-escolar, construídos depois do ano 2000, serão objeto de uma intervenção de decapagem, regularização das paredes, tratamento de fissuras, pintura e instalação de uma caixa de recolha de águas pluviais.
Nos edifícios centenários, construídos com materiais de pedra natural e base de cal, a intervenção proposta consiste na remoção total de todos os revestimentos existentes nos paramentos exteriores até ao reboco original do edifício, no tratamento das cantarias, reboco e respetiva pintura. Ao nível da vedação do recinto escolar, propõe-se a decapagem total de todos os paramentos dos muros e a pintura das paredes exteriores da entrada e muros em toda a sua extensão.