Interior do concelho de Loulé fica mais seguro com o novo Posto Territorial da GNR em Salir


Foi inaugurado, no dia 6 de junho, na vila de Salir, o novo Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana, numa cerimónia que contou com a presença da Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa. Depois de vários anos a funcionar em condições precárias, este investimento nasceu da cooperação entre a Autarquia de Loulé e a GNR e vem “dotar os militares que todos os dias, de forma abnegada, aqui prestam serviço, de melhores condições de alojamento e de trabalho para que possam continuar a prestar, com todo o profissionalismo, o serviço à comunidade”, como referiu a representante governamental.
As novas instalações vão servir uma população de cerca de 6.300 habitantes, numa vasta zona de serra de 460 quilómetros quadrados, abrangendo as freguesias de Salir, Ameixial, Alte e União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim. O edifício que se distingue pela “modernidade e funcionalidade”, como sublinhou o comandante geral da GNR, Manuel Silva Couto, estava inicialmente destinado a receber o aquartelamento de Bombeiros mas, após obras de adaptação, passará a integrar esta força de segurança. “Esta era uma aspiração antiga que o destacamento local tinha pois os militares estavam alojados em condições muito pouco dignas da função que exercem e do serviço que prestam“, explicou Vítor Aleixo, presidente da Autarquia de Loulé.


Este Posto Territorial faz parte de um conjunto de investimentos protocolados entre o Município e a GNR, num montante global de dois milhões e 345 mil euros, com uma participação “muito significativa” da Câmara de Loulé correspondente a um milhão e 125 mil euros. “Identificámos, desde o primeiro dia, uma carência enorme na área da segurança dos cidadãos”, referiu o autarca. Nesse sentido, para além do Posto Territorial da GNR em Salir, que teve um custo de 150 mil euros, em Quarteira foi lançada, no dia 13 de maio, a obra de adaptação do antigo quartel de Bombeiros da cidade para receber o Posto Territorial da GNR, um investimento orçado em 950 mil euros. Para breve está também o arranque da construção de raiz de um Posto da GNR em Almancil, num terreno cedido pela edilidade, e que terá um custo estimado de um milhão e 150 mil euros. Também as instalações de Loulé da GNR sofreram uma melhoria significativa, nomeadamente ao nível das cavalariças.
Considerando a segurança dos cidadãos como um “pilar do Estado democrático”, fundamental para a atividade turística, motor económico do Concelho, Vítor Aleixo manifestou a disponibilidade da Autarquia em prosseguir com a colaboração entre o Município e a administração central. Já a Ministra da Administração Interna falou do esforço que tem sido realizado para colmatar aquele que foi, durante anos, um desinvestimento por parte do Estado e que diz respeito às infraestruturas e equipamentos das forças de segurança. “Esperamos que, no prazo de cinco anos, muitas infraestruturas possam sofrer uma remodelação idêntica a esta e que permita melhorar as condições de trabalho de todos os militares”, disse Constança Urbano de Sousa.


0 comentários:

Enviar um comentário