Joana Barra Vaz atua na Fortaleza de Sagres


Integrado no ciclo «Concertos ao Entardecer», Joana Barra Vaz leva o seu «Mergulho em Loba» à Fortaleza de Sagres, no dia 18 de junho, pelas 18h. Joana Barra Vaz divide o tempo entre a realização e a música e, desde o lançamento do EP «Passeio Pelo Trilho» em 2012, apresentou-se ao vivo como «flume» em várias salas do país, inclusive o Teatro São Luiz, a convite de Sérgio Godinho.
Em setembro de 2016, fundou a plataforma artística e editora «Bi-Du-Á», cujo primeiro lançamento é o seu longa duração «Mergulho Em Loba», em 2016, produzido pela própria em conjunto com Luís Nunes e José Joaquim de Castro. O projeto já foi mostrado ao público no Teatro do Bairro e no Festival Vodafone Mexefest, entre outros.
«Mergulho em Loba» existe num universo entre o folk e a eletrónica. Composto entre 2012 e 2013, o disco é uma viagem sonora com canções que se sobressaltam sem paragens, em suites, convidando o ouvinte a fazer esse percurso e a sentir a urgência de chegar ao fim com uma resposta na ponta da língua ou no embalo da dança. O projeto tem sido bem acolhido pela imprensa especializada, figurando no topo de várias listas de melhores discos do ano. Conta com a participação dos músicos Ricardo Jacinto, David Pires, David Santos, João Gil, Ana Nagy, Mário Amândio, Gabriel Correia e ainda Selma Uamusse, como voz convidada no tema «Tanto Faz».
O espetáculo é promovido pela Arquente – Associação Cultural e faz parte do DiVaM - Dinamização e Valorização dos Monumentos 2017 - Lugares de Globalização – programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve.

0 comentários:

Enviar um comentário