Unidade de Terapia Familiar do Algarve comemora uma década de existência


A Unidade de Terapia Familiar do Algarve, tutelada pela ARS Algarve, assinalou, no dia 20 de junho, os dez anos de atividade, tendo surgido como base de um projeto realizado por dois terapeutas familiares, Pedro Teigão e Alexandra Alvarez. Com a criação deste serviço de saúde público, único a nível estatal vocacionado apenas para a terapia familiar e de casais, o objetivo centrava-se em dar uma resposta institucional, oferecendo uma consulta destinada a atender famílias em crise, e ao dispor de médicos de família das USF e UCSP, do Distrito de Faro.
Atualmente coordenada por Pedro Teigão, a UTF conta com um conjunto de cerca de 750 famílias e casais ajudados. Sempre com a máxima confidencialidade, trabalhando com aquilo que as famílias levam para as consultas, de modo a fazer acreditar que têm as capacidades para ultrapassar os seus problemas. Estas consultas são confidenciais, sem custos e os utentes podem ser referenciados pelo seu médico de família ou autorreferenciarem-se através de e-mail.

0 comentários:

Enviar um comentário