Urbanismo e Adaptação às Alterações Climáticas em livro

Vai ser apresentado, no dia 19 de junho, pelas 21h30, na Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, o livro «Urbanismo e Adaptação às Alterações Climáticas – As Frentes de Água», de João Pedro Costa, no âmbito dos «Livros Abertos».
A adaptação às alterações climáticas é uma agenda emergente, com a particularidade de configurar uma dinâmica bottom-up. À medida que a comunidade científica vai avançando com cenários de transformação do clima para o médio e longo prazo, as ciências do território são confrontadas com a necessidade de avaliar as suas consequências e de as incorporar no processo de planeamento. Mais do que novas realidades estáveis, este encontro de áreas do saber, interdisciplinares, vem concretizar o planear e projetar em contexto de incerteza que caracteriza a terceira modernidade. Sendo alarmantes os impactos estimados, o livro centra-se nas frentes de água, ainda assim um campo suficiente para identificar os desafios que se colocam às cidades e ao território.
Este trabalho vem introduzir uma nova problemática disciplinar, suportada por uma leitura de casos internacionais e complementada por uma primeira aproximação à realidade em Lisboa. São também propostos oito desafios para o encontro entre a adaptação às alterações climáticas e o urbanismo, desenvolvidos com um enfoque particular no desenho da cidade. Esta obra demostra que o encontro do urbanismo com a adaptação às alterações climáticas está no terreno e que se faz acompanhar de várias questões.
João Pedro Costa é arquiteto (Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, 1993), mestre em Cultura Arquitetónica Contemporânea (FA/UTL, 1998), doutor em Urbanismo (Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, 2007) e agregado em Urbanismo (FA/Universidade Lisboa, 2012). 


0 comentários:

Enviar um comentário