Vila do Bispo distinguido no concurso «Melhores Municípios para Viver»


No âmbito do concurso «Melhores Municípios para Viver» (M2V), organizado pelo Instituto de Tecnologia Comportamental (INTEC) da Universidade de Lisboa, o Município de Vila do Bispo foi distinguido com uma Menção de Mérito, na área economia/turismo, com o projeto «Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza de Sagres». A cerimónia de entrega dos prémios aconteceu, no dia 27 de junho, na Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, sendo o galardão entregue ao presidente da autarquia, Adelino Soares, que, na ocasião, fez a apresentação pública do projeto.
O Festival é uma atividade integrável no Turismo de Natureza e com excecional potencial na região de Sagres, reconhecida pelo facto de apresentar valores naturais e condições no terreno que podem competir com vantagem face a outros destinos semelhantes, como é o caso de Espanha. Portugal dispõe de inúmeros locais com interesse para a prática da observação de aves, porém, existem algumas regiões privilegiadas a este nível, por exemplo o Algarve e, concretamente, a região de Sagres.


Localizado no Concelho de Vila do Bispo e integrado no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Sagres é um local de destaque para a avifauna nacional, pois aqui podem ser observadas praticamente todas as espécies presentes no país, acolhendo ainda espécies únicas. Sagres apresenta-se como palco de um fenómeno natural que, em Portugal, não encontra semelhante, designadamente a grande migração outonal de passeriformes, rapinas diurnas e noturnas, aves marinhas e, de forma mais emblemática, as grandes aves planadoras. De agosto a novembro, esta zona torna-se no ponto de congregação de aves migratórias em Portugal e, neste enquadramento tão especial, Sagres tem vindo a ser progressivamente procurada, sobretudo nas duas últimas décadas, por turistas e investigadores da ornitologia provenientes de todo o mundo.
Este projeto promovido e organizado pela Câmara Municipal de Vila do Bispo, em parceria com a Almargem e a SPEA, já tinha sido distinguido, em 2015, com o prémio «Município do Ano Portugal 2015», 1.º prémio a nível regional e 1.º prémio a nível nacional, atribuídos pela plataforma UM-Cidades da Universidade do Minho. Em 2016, Vila do Bispo obteve mais uma distinção nacional com este projeto, desta feita o 1.º prémio a nível nacional na categoria «Prémio Sustentabilidade 2015-2016», atribuído pela ExpoEventos. Quanto ao M2V, dá a conhecer projetos que promovem e fomentam a qualidade de vida nos municípios portugueses, a nível social, ambiental ou económico.