Carlos Silva e Sousa recebeu Bombeiros de Albufeira que combateram o incêndio em Pedrogão Grande


No dia 27 de junho, o presidente da Câmara Municipal de Albufeira recebeu, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, 18 Soldados da Paz, entre Bombeiros e elementos do Comando, que estiveram em Pedrogão Grande a combater um dos maiores incêndios dos últimos anos no País e que resultou em 64 mortos e mais de 250 feridos. Os Bombeiros Voluntários de Albufeira, à semelhança de outras corporações, puseram-se a caminho com três viaturas e dois grupos de homens, que durante oito dias (na totalidade para os dois grupos), se foram revezando na missão de combater o incêndio, salvando pessoas e bens. “No regresso ao quartel, os Bombeiros apresentavam semblantes cansados, mas nitidamente felizes pelo sentido do dever cumprido”, referiu José Carlos Rolo, vice-presidente da Autarquia e presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albufeira.
Carlos Silva e Sousa elogiou a coragem destes homens, que não hesitaram, por um segundo, em fazer várias centenas de quilómetros, para numa missão de interajuda enfrentar o perigo, dando um excelente exemplo de empenho e profissionalismo, através do combate intransigente às chamas e na defesa das populações. "Ser Bombeiro Voluntário é uma das formas mais dignas que o ser humano tem de se dar ao outro. É uma opção individual que nos leva à prática do bem e à interajuda nos momentos difíceis”, disse o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, sublinhando que durante os dias que estiveram na frente de combate ao fogo, os Bombeiros de Albufeira nunca estiveram sozinhos. “Nós estivemos sempre aqui para tudo o que fosse preciso e quero que fique bem claro que, enquanto eu aqui estiver, estaremos sempre à vossa inteira disposição, excedendo, se tal for necessário, todas as minhas possibilidades. Estes homens e mulheres têm que ser acarinhados e reconhecidos por todos”, concluiu Carlos Silva e Sousa.


José Carlos Rolo evidenciou o orgulho por Albufeira ter um Corpo de Bombeiros dedicado, empenhado e que deu um exemplo de extremamente profissionalismo a nível nacional. Por sua vez, o Comandante dos Bombeiros, Abel Zua, exortou quem esteve no terreno, mas deixou algumas considerações: “Este exército da boa vontade merecia que mais albufeirenses tivessem este sentimento de pertença em relação aos nossos Bombeiros e que o evidenciassem de facto. É bom sentirmos gratidão e ouvir palavras de agradecimento pela nossa entrega e é fundamental darem-nos as condições para fazermos sempre melhor no nosso dia-a-dia”, acrescentando que, para além da atividade regular, os Bombeiros de Albufeira investem todos os dias em muitas horas de formação. “Albufeira é ímpar ao nível da proteção e socorro. Durante a última década temos tido eventos de grande mediatismo e nós estivemos sempre no terreno a fazer a diferença”