Castro Marim volta a ser Palco do Acordeão


A Praça 1.º de Maio, em Castro Marim, volta a ser «Palco do Acordeão», naquela que é a 12.ª edição desta iniciativa que visa a promoção da musicalidade deste instrumento, fundido com as raízes da cultura algarvia. O evento acontece no dia 28 de julho, sexta-feira, pelas 21h30.
As honras de abertura do «Palco do Acordeão» cabem à Escola de Acordeão de Castro Marim, que é hoje uma referência regional e nacional no ensino deste singular instrumento musical, contando nas suas fileiras com alunos do concelho, mas também de Mértola, Alcoutim, Vila Real de Santo António, Tavira e Ayamonte. O Festival Internacional do Acordeão marca a segunda parte deste Palco, com a atuação de reconhecidos acordeonistas, designadamente Tino Costa, Iuri Chiforisin, Manuel Matias, Helder Barracosa, José Gabriel, Jaime Gomes, Sérgio Conceição, Valter Romeira, Pedro Constâncio, Joao Saboia, Hugo Madeira e Vitalino Custódio.
A 12.ª edição do «Palco do Acordeão» em Castro Marim é uma organização da Associação Mito Algarvio, do Centro de Cultura e Desporto da Câmara Municipal e da Câmara Municipal de Castro Marim.



0 comentários:

Enviar um comentário