Comitiva de Lagoa participou no I Fórum para a Cooperação Cultural, Educativa e Económica de Lagoa-Açores


Correspondendo ao convite da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, nos Açores, Cristina Calixto Dec Mota, uma comitiva de Lagoa deslocou-se àquele arquipélago para, de 19 a 25 de junho, participar no I Fórum para a Cooperação Cultural, Educativa e Económica, dirigido às cidades geminadas com Lagoa-Açores e que teve como objetivo apresentar as suas potencialidades em diferentes áreas e possibilitar uma mais forte aproximação entre as suas comunidades. Estiveram presentes Saint-Thérese – Québec, do Canadá; Dartmouth, Rehoboth, Bristol, New Bedford e Taunton, dos Estados Unidos da América; Lagoa-Algarve, de Portugal; e Santa Cruz – Ilha de Santiago, de Cabo Verde. Na ocasião, o Vereador Luís Encarnação realçou as caraterísticas únicas do concelho algarvio, os aspetos naturais, o turismo, o bom vinho que atualmente se produz e os novos investimentos neste setor tão importante, enaltecendo o património, as tradições, a boa comida e a hospitalidade tão característica de todos os lagoenses. A intervenção terminou com a apresentação do novo vídeo promocional do Concelho de Lagoa.


De 19 a 25 de junho esteve patente, nos Paços do Concelho de Lagoa-Açores, uma exposição temática sobre o Concelho de Lagoa, a sua atividade municipal e os projetos e programas mais relevantes nas diversas áreas abordadas no Fórum. Destaque ainda para o primeiro Jantar Algarvio, que juntou as duas cidades irmãs no Porto dos Carneiros, no dia 21, com uma ementa de xerém, cataplana de peixe, bolo de amêndoa e gila, acompanhado por vinho de Lagoa-Algarve e a música e dança dos grupos tradicionais Fonte Nova e Rancho Folclórico do Calvário. O jantar foi confecionado com produtos fornecidos pela autarquia de Lagoa-Açores, à exceção da farinha de milho para o xerém (papas de milho), que obedecia a uma moagem especial, assim como a amêndoa e o doce de gila, tendo sido transportados de Lagoa-Algarve. De Lagoa-Algarve foi também um grupo de cozinheiras e doceiras do Agrupamento de Escolas ESPAMOL, constituído por Clementina Pires, Fernanda Rita, Eduarda Cristina Cruz e Fátima Espírito Santo, e do Agrupamento de Escolas Rio Arade, composto por Ivone Pinto, Maria de Deus Granadeiro, Madalena Gaio, Madalena Aleixo e Dulce Santos, cujo desempenho foi bastante elogiado pelos convivas e foi mesmo capa e objeto de reportagem no Jornal «Correio dos Açores», na sua edição de 23 de junho.


No dia 22, a seguir ao jantar da comitiva, foi realizado um Workshop de Doce Fino Regional por Clementina Pires e Fernanda Rita, em que todos os participantes tiveram oportunidade de confecionar a sua própria sobremesa, numa partilha de conhecimento e de interatividade, com um doce diferente, com elevado grau de confeção devido à forma como é tradicionalmente apresentado. Os vários Técnicos da Câmara de Lagoa-Algarve das áreas da Educação, Cultura, Ação Social, Desporto e Juventude que integravam a comitiva oficial tiveram a oportunidade de constatar o que é feito em Lagoa-Açores e trocar impressões com as comitivas dos Estados Unidos, Canadá e Cabo Verde, sobre as temáticas abordadas. Durante todo o fim de semana, de 23 a 25 de junho, puderam interagir com a realidade açoriana, com as suas tradições religiosas e populares, durante as Festas do Divino Espírito Santo do Império de São Pedro, em Água de Pau. 


0 comentários:

Enviar um comentário