Está concluído o arranjo da zona envolvente do Cemitério do Parchal


O Cemitério Municipal do Parchal, que entrou em funcionamento a 3 de fevereiro do corrente ano, tem capacidade para 300 corpos em covais, 180 em gavetões e cerca de 600 ossários. Depois de todas as suas estruturas de apoio – serviços administrativos, câmaras ardentes, sanitários e edifício de recolha de contentores para lixo – estarem terminadas e em pleno funcionamento, a Câmara Municipal de Lagoa procedeu ao arranjo da sua zona envolvente, num investimento de 104 mil e 999 euros, criando um jardim com vegetação arbórea, sistema de rega automática e relva sintética entre o passeio e o muro de fixação construído com lajes de pedra da bordeira.
Apesar desta intervenção, mantinha-se a falta de passeios no local, o que impedia que os peões circulassem com comodidade e segurança, já que uma grande parte da via carecia de iluminação pública e o piso estava degradado, sem diferenciar o automóvel do peão. Face a essa realidade, a autarquia lagoense adjudicou, por 131 mil e 373,75 euros, a sua recuperação, com a construção de passeios em piso contínuo de betão poroso, sendo redistribuídos, ao longo de todo o percurso, os postes de iluminação, com novos elementos onde a iluminação era escassa e feito um sistema de drenagem de águas pluviais, melhorando uma zona que estava completamente degradada.