O melhor da Serra do Caldeirão em exposição na Feira da Serra


A Feira da Serra 2017 abriu portas, no dia 27 de julho, para quatro dias de intensa animação, atraindo a São Brás de Alportel milhares de visitantes, entre algarvios e turistas, portugueses e estrangeiros, de férias no Algarve. O convite é fácil de aceitar, pois ali se encontra o que melhor a Serra do Caldeirão tem para oferecer, desde a gastronomia ao artesanato, mas também das experiências, das tradições e dos saberes serranos. E, para juntar a tudo isto, um cartaz musical de eleição.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Daniel Pina

A 26.ª edição da Feira da Serra arrancou no dia 27 de julho e prolonga-se até domingo, dia 30, voltando a colocar São Brás de Alportel no mapa dos principais eventos do Verão Algarvio. Com a promessa de continuar a reinventar-se e a surpreender os visitantes, o certame surgiu com novos espaços e iniciativas, piscando o olho a pessoas de todas as idades, sobretudo às famílias, e mantendo como ingredientes principais a diversidade, qualidade e genuinidade.
À semelhança do que é habitual, cada edição é pautada por um tema especial, sendo este ano o vinho o convidado de honra. Quanto aos objetivos do certame, permanecem inalterados desde que a Feira da Serra nasceu, já lá vai um quarto de século, ou seja: valorizar, proteger e promover as tradições e costumes da Serra do Caldeirão e do Algarve; promover e preservar os saberes ancestrais associados ao artesanato local e à confeção de produtos agroalimentares, enquanto impulsionadores da atividade económica da serra e barrocal; proporcionar o contacto direto com a fauna e flora, no sentido de sensibilizar para a biodiversidade local e respetiva importância; divulgar apostas inovadoras de empreendedorismo local e regional; promover a gastronomia tradicional assente nos valores da Dieta Mediterrânica; valorizar o Comércio Local; apresentar a oferta turística do território são-brasense nas mais diversas áreas.
O recinto é o mesmo de há uns anos a esta parte, o Recinto da Escola Poeta Bernardo de Passos e a organização está a cargo da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, com a colaboração imprescindível da comunidade local e o apoio de um diversas entidades locais, regionais e nacionais. A grande novidade da 26.ª edição é mesmo o alargamento do número de dias, que subiram de três para quatro, respondendo a um desejo dos participantes e da população local. Por isso mesmo, a Feira da Serra ainda pode ser visitada até domingo, dia 30 de julho, num recinto com 15 espaços temáticos espalhados por 20 mil metros quadrados e 100 por cento acessíveis para todos, independentemente de quaisquer limitações ao nível da mobilidade.
Um dos espaços em destaque é o Palco Sabores, onde têm lugar degustações e provas dos melhores vinhos do Algarve, mas há que realçar, igualmente, a Expo Turismo São Brás, onde mais de uma dezena de agentes turísticos são-brasenses dão a conhecer um território cheio de potencialidades e atividades emocionantes, ligadas à natureza e ao desporto ao ar livre. “Existem, no concelho, 208 quartos com capacidade para 436 pessoas; temos 58 alojamento locais; 30 restaurantes; 18 operadores de diversos eventos turísticos. São números que nos deixam felizes, assim como a frequência do nosso Posto de Informação Turística, o que denota uma maior atratividade deste território”, frisou a vereadora Marlene Guerreiro, durante a visita ao recinto.

0 comentários:

Enviar um comentário