«Salir do Tempo» faz viagem ao reinado de D. Afonso III


De 21 a 23 de julho, a vila de Salir, no interior do Concelho de Loulé, revive a período histórico da Conquista do Algarve aos Mouros, em mais uma edição do «Salir do Tempo». Este ano, o Rei D. Afonso III será a figura em destaque num evento que alia a recriação histórica, a um festival de artes medievais e mercado medieval.
Ao longo de três dias são várias as propostas que transportarão os visitantes para uma época longínqua, marcante para o que é hoje Portugal e o seu território. O programa irá integrar cortejos históricos, torneios de armas a cavalo, concertos de música árabe, recriações teatrais, gastronomia da época, mercado com venda de produtos locais e árabes, animação itinerante, rábulas e estórias, exposições e muito mais para vivenciar num recinto decorado de acordo com a época. Em permanente interação com o público, dezenas de performers darão uma visão da estratificação da população durante a Reconquista, onde ao monarca se juntam também cavaleiros, escudeiros, gente do povo, do clero e da nobreza, damas de «boa e má fama», bailarinas da dança do ventre, trovadores, bobos ou malabaristas.
É durante o reinado de D. Afonso III que se situa este «momento-charneira» do Portugal medieval e no qual Salir constituiu um ponto estratégico. O Castelo de Salir deverá ter sido construído durante a ocupação Almóada, no Século XII, e terá sido o local escolhido por D. Paio Peres Correia para esperar por D. Afonso III, para juntos desencadearem a conquista do Algarve aos mouros, tornando-se então uma praça-forte em que o Castelo de «Selir» (designação Árabe) deteve um papel privilegiado. No que se supõe, foi este incendiado e reconstruído por duas vezes, restando apenas ruínas das suas muralhas. Filho de D. Afonso II e de D. Urraca, D. Afonso III deixou a sua marca na conquista definitiva do Algarve. Procurou ainda recompor o reino, repovoando-o, fundando novas povoações e estimulando as suas bases económicas.
As portas do «Salir do Tempo» abrem diariamente às 19h e o preço das entradas é de 3 euros (Bilhete Diário) e 5 euros (Bilhete Festival).