Festival Internacional de Jazz de Loulé acontece este fim de semana


Integrado no circuito dos festivais de jazz do país, o Festival Internacional de Jazz de Loulé regressa ao edílico palco natural da Alcaidaria do Castelo de Loulé, nos dias 4, 5 e 6 de agosto, no ano em que assinala a 23.ª edição. O Festival volta a contar com a direção artística de Mário Laginha, músico brilhante que possui um profundo conhecimento do panorama musical nacional e internacional.
Com o objetivo de promover o jazz entre a comunidade algarvia, e também de forma a inserir este estilo musical na programação cultural de Verão, de forma a diversificar a oferta aos turistas que visitam a região, a edição de 2017 volta a apostar na qualidade artística. Assim, no arranque do evento, dia 4, sexta-feira, o Festival apresenta concertos com Paulo Luz Trio e João Barradas Trio. Já no sábado, dia 5, sobem ao palco Beatriz Pessoa e Grand Pianoramax. No encerramento desta 23.ª edição, o Trio de Jazz de Loulé dará um concerto com Perico Sambeat. Nos dias 4 e 5 os concertos têm início às 21h30, enquanto que, no dia 6, o início está agendado para as 22h.
No âmbito das suas atividades de dinamização sociocultural, a Casa da Cultura organiza desde 1995 este evento que tem contribuído não só para a promoção da cidade, como também para divulgar junto do grande público o trabalho dos músicos da região, dos músicos portugueses mais representativos e dos jovens músicos nacionais mais promissores, bem como dos intérpretes e compositores do jazz internacional mais conceituados. De entre as figures do jazz que já por aqui passaram destacam-se Kenny Wheeler, Norma Winstone, Ray Brown, Monty Alexander, Dave Douglas, Birelli Lagrene, Dewey Redman, John Nuggent, Dave Weckl, Kirk Lightsey, Ahmad Jamal, Peter King, Franco Ambrosetti, Louis Sclavis, Henry Texier, Aldo Romano, Anne Ducros, Gilad Atzmon, a Orchestre National de Jazz de France, Florin Nicolesco ou Johnny Griffin. De entre os portugueses, já atuaram no evento Zé Eduardo, Carlos Bica, Carlos Barretto, Irmãos Moreira, Mário Barreiros, Pedro Guedes, Bernardo Sassetti, Mário Delgado ou as big bands Jazz na Filarmónica e Orquestra de Jazz de Matosinhos.

0 comentários:

Enviar um comentário