Olhão assinalou Dia Internacional da Pessoa com Deficiência com logótipo humano


Foram quase 1500 as pessoas que fizeram parte do logótipo humano gigante promovido, no dia 6 de dezembro, pela Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão (ACASO), no Estádio José Arcanjo. Crianças, seniores, adultos, deficientes, todos marcaram presença nesta iniciativa que pretende assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que se assinalou no último sábado, 3 de dezembro.
Alunos e utentes de escolas e instituições particulares de solidariedade social de Olhão, Faro e Tavira pisaram o relvado do estádio do Sporting Clube Olhanense para mostrar, através do programa «Sentir a Diferença», da ACASO, que, apesar da diversidade, é possível que todos sejam, e se sintam, incluídos na sociedade. Neste projeto da instituição olhanense, pretende-se que os mais novos ajudem os mais velhos e que a diferença de alguns seja encarada como algo natural.
O logótipo humano desenhado no relvado olhanense – uma cadeira de rodas, que simboliza a deficiência –, demorou cerca de duas horas a ser construído e contou com a colaboração, entre outras entidades, da Câmara Municipal de Olhão e do Sporting Clube Olhanense SAD. O presidente da Autarquia, António Miguel Pina, que também fez parte do logotipo humano, agradeceu a todos os presentes a participação e enalteceu a iniciativa da ACASO, que aconteceu pelo segundo ano consecutivo, referindo a importância da realização de eventos como este. “Porque somos todos iguais, mesmo na diferença e a inclusão é essencial”, justificou o edil.