Soldados-Recruta fazem juramento de bandeira em Faro


A cidade de Faro, que desde a extinção do Regimento de Infantaria de Faro, na década de 70, deixou de contar com a presença de Unidades do Exército no seu seio, vai ser palco, no dia 25 de março, pelas 11h30, de um Juramento de Bandeira de jovens Soldados-recruta do Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército, a decorrer no Regimento de Infantaria n.º 1, que tem sede em Beja, e do qual depende ainda o Destacamento em Tavira e o Gabinete de Atendimento ao Público em Faro. O evento será presidido pelo Comandante da Brigada de Reação Rápida, Major-general Carlos Alberto Grincho Cardoso Perestrelo, e contará com a presença de altas entidades civis e militares da região do Algarve, bem como com os importantes apoios da Câmara Municipal de Faro e da Escola Hotelaria e Turismo daquela acolhedora Cidade.
Perante o Estandarte Nacional, os 58 Soldados Recrutas irão jurar defender a Pátria, a Constituição e as leis da República. Durante a cerimónia serão também condecorados alguns militares do Regimento de Infantaria n.º 1 e agraciados antigos combatentes da guerra em África, que residem na região do algarve, com medalhas comemorativas das campanhas. Serão ainda entregues prémios aos Soldados-recruta que mais se distinguiram na primeira fase de instrução que agora termina. No final, a Banda do Exército irá tocar algumas obras adicionais em honra dos convidados e da população da cidade de Faro presentes no evento.