Mais de quatro mil pessoas tratadas no CMR Sul em 10 anos


No dia em que assinala o seu 10.º aniversário, ficou a saber-se que já foram tratadas 4253 pessoas no Centro de Medicina Física e de Reabilitação do Sul, em São Brás de Alportel, unidade de referência na área da reabilitação intensiva e de cuidados especializados no âmbito do Serviço Nacional de Saúde, atualmente sob gestão da Administração Regional de Saúde do Algarve. Com uma lotação de internamento de 54 camas, o CMR Sul recebe doentes com lesões medulares, traumatismos cranioencefálicos, acidentes vasculares cerebrais e outras patologias do foro neurológico, reumatológico, ortopédico, cardiovascular e pneumológico. Nesta primeira década de existência, registam-se cerca de seis mil primeiras consultas, cerca de 20 mil atos de consulta de seguimento e cerca de 94 mil sessões no Hospital de Dia.
A dedicação e o esforço dos profissionais de saúde daquele Centro para integrar o utente no seu contexto familiar e social com o maior grau de autonomia possível, prevenindo complicações futuras e promovendo uma participação ativa do utente, refletem-se nas elevadas taxas de satisfação obtidas ao longo dos anos, que rondam, em média, os 96 por cento no período de 2008 a 2016. Tendo iniciado a sua atividade em regime de parceira público privada (PPP) na prestação de cuidados de saúde em 2007, o CMR Sul passou, em novembro de 2013, a ser gerido pela ARS Algarve, encontrando-se neste momento em curso a sua integração no futuro Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), como um dos quatro pólos: duas unidades hospitalares (uma em Portimão/Lagos e outra em Faro), o CMR Sul e um polo de investigação e de ligação com a Universidade do Algarve.