Pedro Abrunhosa e Trio de Jazz de Loulé juntos no Cine-Teatro Louletano


No âmbito do ciclo musical «O Longe é Aqui», o sexto desafio lançado pelo Cine-Teatro junta o recém-criado Trio de Jazz de Loulé e Pedro Abrunhosa, num diálogo que acontece no dia 3 de maio, pelas 21h30.
Composto por João Pedro Coelho (piano), António Quintino (contrabaixo) e João Pereira (bateria), o Trio de Jazz de Loulé estreou-se em julho de 2016 no encerramento do 21.º Festival de Jazz de Loulé e foi constituído no âmbito de uma iniciativa lançada pela Câmara Municipal de Loulé ao nível da sua política cultural, isto após uma seleção, entre nove candidaturas, que teve como júri Mário Laginha, Pedro Moreira e Hugo Alves. O Trio de Jazz de Loulé é uma novidade no panorama cultural algarvio e pretende cimentar o trabalho de duas décadas desenvolvido na área do Jazz em Loulé, permitindo quer a constituição de uma oferta regular na área, quer a apresentação do agrupamento em contextos nacionais e internacionais, colocando Loulé como um dos destinos culturais de excelência a Sul e possibilitando a fixação de criadores na região algarvia.
Neste concerto inédito, Pedro Abrunhosa revisita o seu repertório (e não só) à luz de ambientes e tonalidades jazzísticas que lhe são bem familiares. Sendo mais conhecido do grande público pelo seu ascendente e aclamado percurso desde o lançamento do álbum «Viagens», em 1994, com os «Bandemónio», até ao mais recente «Contramão» (2013) com os «Comité Caviar», o reconhecido intérprete e compositor chegou à música pela via erudita e nos anos 80, quando chegou ao jazz, era um erudito a tocar jazz, tendo fundado a Escola de Jazz do Porto e a Orquestra da mesma, e colaborando, por toda a Europa, com grandes nomes da cena jazzística. É assim possível confirmar que, desde sempre, Pedro Abrunhosa escolheu o caminho mais difícil e mais desafiante, como este espetáculo especialmente concebido para Loulé em parceria com um talentoso e inspirado trio de jovens músicos.
O concerto tem a duração de 90 minutos e um custo associado por pessoa de 12 euros, passando para 10 euros no caso de maiores de 65 ou menores de 30 anos. O Cartão de Amigo é aplicável a estes espetáculos.