Dois campeões do Grand Slam e 30 detentores de título vão jogar em Portimão


Dois campeões de torneios do Grand Slam e 30 jogadores que já venceram provas do European Tour vão abrilhantar o 55.º Open de Portugal @ Morgado Golf Resort, o torneio de meio milhão de euros em prémios monetários que regressa à primeira divisão europeia após um hiato de sete anos e que vai ser disputado, de 11 a 14 de maio, no Morgado Golf Course, em Portimão. Se o escocês Paul Lawrie já é uma presença habitual nos torneios portugueses, a vinda do canadiano Mike Weir é inédita, sendo um dos melhores jogadores a ter competido alguma vez em Portugal. 
Paul Lawrie é um antigo campeão do British Open, conta com oito títulos do European Tour e integrou por duas vezes a seleção europeia da Ryder Cup, tendo ganho a de 2012. Aos 48 anos continua a dar que falar, como mostrou em outubro, ao terminar o Portugal Masters no 5.º lugar. Em abril, jogou três torneios do Portugal Pro Golf Tour, em Óbidos e somou três top-10. No Open de Portugal foi vice-campeão em 2005. 
Mike Weir, antigo campeão do Masters Tournament, no Augusta National, tem um palmarés riquíssimo que inclui um título dos World Golf Championships (American Express Championship), cinco presenças na seleção do Resto do Mundo (Internacional) que defrontou os Estados Unidos na Presidents Cup, oito títulos do PGA Tour (o mais forte circuito do Mundo), entre os quais o famoso The Tour Championship de 2001, no qual derrotou no play-off o espanhol Sergio Garcia, o sul-africano Ernie Els e o norte-americano David Toms. O canadiano apresenta ainda um total de 11 top-10 em Majors, 110 semanas passadas no top-10 do ranking mundial, tendo chegado a n.º 3. 


Outra presença de peso é o inglês Andy Sullivan, de apenas 29 anos, que no ano passado estreou-se a jogar pela Europa na Ryder Cup e que pouco tempo depois foi a Vilamoura sagrar-se vice-campeão do Portugal Masters. Soma já três títulos do European Tour, dos quais sobressai o do Portugal Masters em 2015. Entre os 156 jogadores do Open de Portugal @ Morgado Golf Resort, Andy Sullivan é o melhor classificado no ranking mundial, no 62.º lugar. 
Para além destes, há ainda um vencedor da Taça do Mundo de profissionais; 71 títulos do European Tour conquistados por 30 jogadores diferentes; sete jogadores classificados no top-100 da Corrida para o Dubai do European Tour; cinco antigos campeões do Portugal Masters; quatro antigos vencedores do Madeira Islands Open BPI; dois antigos titulares do Open de Portugal; quatro ex-n.º 1 do ranking do Challenge Tour; e os dois campeões dos dois torneios do Challenge Tour disputados em 2017. É face a esta concorrência que os portugueses tentarão brilhar. Ricardo Melo Gouveia e Filipe Lima entraram diretamente no torneio pela sua boa cotação no European Tour, enquanto Ricardo Santos o conseguiu via Challenge Tour. Entretanto, a Federação Portuguesa de Golfe anunciou também a atribuição de um convite a Tomás Melo Gouveia, o irmão mais novo de Ricardo e recém-coroado campeão nacional amador.