Festival do Marisco de Olhão em contagem decrescente


Teve lugar, no dia 28 de julho, a apresentação à comunicação social do 32.º Festival do Marisco de Olhão, que decorrerá de 10 a 15 de agosto. A iniciativa da Câmara Municipal de Olhão, organizada pela Empresa Municipal Fesnima, volta a ter um cartaz musical de eleição, mas a grande novidade é o Bilhete Festival, que permite a entrada em todos os dias do evento a um preço mais convidativo.
O Festival abre a 10 de agosto com Tony Carreira, seguindo-se Richie Campbell (11 de agosto), D.A.M.A (12 de agosto), Diogo Piçarra convida Jimmy P (13 de agosto), Nelson Freitas (14 de agosto) e termina em beleza com o sotaque do outro lado do Atlântico de Seu Jorge (15 de agosto). À exceção dos dias 10 e 15 de agosto, em que os ingressos custam 9 euros, os preços das entradas nos restantes dias ficam-se pelos 6 euros. As crianças até aos seis anos não pagam entrada e, para jovens entre os sete e os 12 anos, o bilhete tem 50 por cento de desconto. O Bilhete Festival, disponível apenas através da Ticketline e rede de distribuição, que vale para os seis dias do evento, pode ser adquirido a um preço mais económico, já que custa 36 euros para adultos e 18 euros para as crianças.
Assumindo-se como um dos principais cartazes turísticos de Olhão e do Algarve, o Festival do Marisco é já um compromisso obrigatório, quer para os algarvios, quer para os muitos turistas que em agosto se encontram na região, com o objetivo de se deliciarem com o marisco mais fresco, confecionado no momento e como só os olhanenses sabem, com o maravilhoso cenário da Ria Formosa como pano de fundo. Os camarões grelhados, as sapateiras, o arroz de marisco, as paellas, as lagostas, os lavagantes, as amêijoas ou as ostras continuam a fazer crescer água na boca aos visitantes do Festival. Todos estes sabores podem ser degustados num espaço com milhares de lugares sentados.


Olhando para o elenco de artistas, o certame não podia começar de melhor forma, com Tony Carreira a prometer trazer consigo milhares de fãs incondicionais. «Sempre Mais» é o título do novo álbum do cantor português, que inclui duetos com Ricky Martin, Lara Fabian, Chico & The Gypsies, Duo Calema e o filho David Carreira. Com mais de três décadas de carreira, o artista soma já 28 discos de originais.
A segunda noite do evento fica marcada pelo regresso de Richie Campbell, acompanhado, como sempre, pela «911 Band». A voz de «Blame It On Me», «Best Friend» ou «Do You No Wrong» traz o melhor reggae que se faz em Portugal. 2016 marcou uma aposta de Richie Campbell na reinvenção da música que sempre o acompanhou: N.º 1 do Top do iTunes em apenas duas horas, o lançamento surpresa do álbum «In The 876» foi um enorme sucesso e deu o mote para mais um ano imparável do cantor.
O cartaz musical da 32.ª edição do Festival do Marisco de Olhão oferece, no sábado, 12 de agosto, uma noite com uma das melhores bandas portuguesas de pop e hip-hop da atualidade, os D.A.M.A.. O disco de estreia da formação de Francisco Maria Pereira, Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho, «Por uma Questão de Princípio», conquistou a dupla platina e manteve-se nos três primeiros lugares do top de vendas nacional durante 48 semanas consecutivas. O álbum de originais «Dá-me um Segundo», lançado em 2015, incluiu temas como «Não Dá», «Agora é Tarde», «Não faço Questão» e «Tempo para Quê?», casos sérios de popularidade, com milhões de visualizações no Youtube. Também este disco chegou à dupla platina.


Diogo Piçarra é, atualmente, um dos artistas mais queridos do público nacional, tendo sido o vencedor do programa «Ídolos», da SIC, em 2012. Desde então, a carreira do cantor farense não parou de crescer, assim como o número de fãs incondicionais, que terão oportunidade de ver o seu ídolo ao vivo no dia 13 de agosto, domingo, no Festival do Marisco de Olhão. 2017 é, de resto, um ano marcante na carreira de Diogo Piçarra pois, em março, lançou «do=s», o segundo álbum de estúdio. Em Olhão, Diogo Piçarra cantará, certamente, temas como «Tu e Eu», «Dialeto», «Verdadeiro», «Entre as Estrelas», «Wall of Love» e o novo single «História».
O senhor que se segue é Nelson Freitas. «A Beautiful Lie Tour» passa pelo Festival do Marisco de Olhão, no dia 14 de agosto, segunda-feira, prometendo levar o público apreciador de kizomba ao rubro. Neto de uma geração de cabo-verdianos que partiu em direção à Holanda, Nelson Freitas começou a sua carreira em 1997, fazendo parte de uma banda que abraçava uma sonoridade nova, a meio caminho entre o zouk e a kizomba, com influências de R&B e hip-hop. Os seus três álbuns, lançados ao longo de sete anos, trouxeram-lhe um enorme sucesso em países como Cabo Verde, Angola, Moçambique e, naturalmente, Portugal.
Para encerrar com chave de ouro, no último dia do evento, terça-feira, dia 15 de agosto, canta-se em português do outro lado do Atlântico, com o samba-rocker brasileiro de «Seu Jorge», um dos nomes mais fortes da música popular brasileira, com temas como «Burguesinha», «Amiga da Minha Mulher» ou «É Isso Aí». O artista multifacetado conta já no seu palmarés com sete álbuns de estúdio, cinco trabalhos ao vivo, bem como mais de 20 participações em discos de outros artistas. Enquanto ator, são cerca de 20 as suas participações em filmes.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Daniel Pina