Piratas «invadiram» Olhão


Olhão voltou a ser palco, de 1 a 4 de agosto, do Festival Pirata, que envolveu a zona ribeirinha no quotidiano pirata, povoado por personagens de época que ainda hoje ocupam um lugar especial no imaginário do público. A organização manteve a aposta num evento diferenciado e que já vai na sua terceira edição, com animação, fogo, lutas, dramatizações, música e dança.
O festival decorreu todas as noites entre as 17h e as 24h, com um mercado pirata frente aos mercados, animação por toda a baixa e, a terminar cada dia, um espetáculo frente ao caíque Bom Sucesso. O Festival Pirata de Olhão foi uma iniciativa da Câmara Municipal de Olhão e da empresa municipal Fesnima, organizada em parceria com a Companhia de Teatro Viv’arte.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Adilson Vicente/CMO

Leia a reportagem completa em:
https://issuu.com/danielpina1975/docs/algarve_informativo__120