Post Page Advertisement [Top]

Companhia Erva Daninha recriou ciclo agrícola no «Cenas na Rua»

Companhia Erva Daninha recriou ciclo agrícola no «Cenas na Rua»

Inserido no 14.º Festival Internacional de Teatro e Artes na Rua – «Cenas na Rua», a Companhia Erva Daninha, do Porto, trouxe até Tavira a sua «E-Nxada», um espetáculo de circo contemporâneo que remete o espetador para a ruralidade, a sua desconstrução e o imaginário, sob um ponto de vista urbano e contemporâneo. No Jardim do Coreto assistiu-se, então, a uma investigação artística, através da relação do corpo e do objeto, em cruzamento com a instalação plástica, composição sonora e iluminação. 

«E-Nxada» é uma alusão poética ao trabalho da terra por meio de um objeto/alfaia ancestral que relaciona o homem com a paisagem. Parte-se, depois, do ritual, do esforço e da resistência para, simbolicamente, apresentar um tradicional ciclo agrícola, composto pelos momentos de cavar, semear, germinar, regar e colher. Por via da desconstrução da enxada alude-se ao espírito da materialidade rural para o contexto urbano, crescentemente imaterial/evanescente nos tempos modernos. Por isso, importa recordar as origens, a importância da agricultura na fixação dos povos, o seu desenvolvimento e a relação do homem com a natureza.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Daniel Pina

Bottom Ad [Post Page]