Epic Notes levou música eletrónica e dança acroyoga ao Castelo de Loulé


Hugo Alves ao trompete e Filipe Santos na dança acrobática foram os protagonistas do projeto EPIC NOTES, que aconteceu, no dia 14 de julho, na Alcaidaria do Castelo de Loulé. O projeto multidisciplinar conjuga música e dança, sendo uma fusão entre música original, composta em exclusivo para este projeto, usando por base a música eletrónica, mas ao mesmo tempo enraizada no legado histórico nacional de influência árabe / medieval / descobrimentos / popular, que nos faz viajar pelo tempo, numa ponte entre o passado e o futuro.

A improvisação também presente na música liga-se assim à da acroyoga, que trabalha a força e o equilíbrio, fazendo um paralelismo com a força graciosa dos monumentos e toda a energia e o foco realizados para a sua edificação, tendo uma perspetiva cultural de inovação, cativando novos públicos, com interesses e provenientes de setores distintos. EPIC NOTES juntou, assim, duas disciplinas executadas ao vivo com ênfase na improvisação, fruto de uma nova parceria artística: uma modalidade acrobática, desenvolvida inicialmente no século XII, com uma componente de sabedoria milenar do yoga, em conjunto com a música improvisada, experimentada também ela de uma nova forma inovadora apoiada em técnicas eletrónicas.

EPIC NOTES é um projeto da Orquestra de Jazz do Algarve e conta com o apoio e colaboração do Museu Municipal de Loulé /Câmara Municipal de Loulé. É uma iniciativa integrada no DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos - programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Jorge Gomes

Epic Notes levou música eletrónica e dança acroyoga ao Castelo de Loulé Epic Notes levou música eletrónica e dança acroyoga ao Castelo de Loulé Reviewed by Daniel Pina on julho 21, 2018 Rating: 5

Publicidade