Post Page Advertisement [Top]

Mixed Martial Arts aqueceram noite de Quarteira

Mixed Martial Arts aqueceram noite de Quarteira


O Pavilhão Desportivo da Escola D. Dinis, em Quarteira, foi palco, no dia 6 de abril, da sexta edição da Fight Company, gala promovida pela Associação de Artes Marciais Mistas do Algarve na qual estavam em disputa dois cinturões, um na categoria de 75 quilos (Lightweight) entre Maikon Chocolate e o atleta da casa Paul Bodnar, o outro na categoria de 77 quilos (Welterweight) entre Bruno Carvalho e Tiago Leite. A estes somaram-se mais nove combates, numa noite recheada de duelos de grande nível entre profissionais e amadores e com desfechos para todos os gostos que demonstraram o porquê desta modalidade ter tantos adeptos a nível mundial.  

Olhando para os títulos em jogo, o primeiro, Lightweight, 75 quilos, foi atribuído num ápice, com Paul Bodnar, da Golden Axe Team, a desferir um potente gancho de esquerda no seu oponente logo aos 15 segundos do primeiro assalto, que deixou Maikon Chocolate estatelado no chão sem qualquer reação. O combate soube a pouco, de facto, mas o mais importante é que o cinturão ficou em Quarteira, para rejubilo da plateia presente no pavilhão desportivo da Escola D. Dinis.

O segundo cinturão em jogo na VI Fight Company, Welterweight, 77 quilos, foi muito mais batalhado num combate de final imprevisível, porque assim é a MMA. Assim, Tiago «Mutante» Leite, da Reborn, cedo partiu para cima de Bruno Carvalho, da Nóbrega Team, e parecia estar na frente do duelo com o seu wrestling. Contudo, quase a terminar o primeiro assalto, um pontapé alto de Bruno Carvalho deixou Tiago Leite abalado no chão, seguiram-se vários golpes no rosto e corpo e um volte-face algo inesperado que concedeu a vitória ao atleta da Nóbrega Team, por KO Técnico, aos 4 minutos e 54 segundos. Isso mesmo, a seis segundos do sinal para descanso, para desespero evidente de Tiago Leite. 

Nos restantes combates, e nas lutas em MMA Amador, Fábio Santos (Reborn) venceu Luís da Costa (Shinobi Academy) por Decisão Unânime; Tiago Barroso (Shinobi) levou a melhor sobre Alex Felix (Golden Axe) por Decisão Unânime; e Kieran Ikin (Shinobi) dominou Nelson Silva (Unlimited) por KO. Quanto às lutas em MMA Profissional, Filipa Gonçalves (PGT) ganhou a Bianca Guadalberto (S.R.E.F) por KO, na única luta feminina na noite; Mateus Madruga (Gracie Barra) triunfou sobre Lucas Pereira (BPT) por Decisão Unânime; Matheus «Pelezinho» Morais (Gracie Barra) dominou Sérgio Bananeira (Perfektus Gym) por Mata Leão; Anderson Bueno (KO Team/PGT) venceu Palmeron Caetano (Gracie Barra) por Decisão Unânime; Ben Zakar (KO Team) passou por cima de Jonathan Casariengo por KO; e Fernando Guimarães (Perfektus Gym) surpreendeu Jocimar Ferreira (Golden Axe Team) por Mata Leão.

Texto: Daniel Pina | Fotografia: Daniel Pina

Leia a reportagem completa em:
https://issuu.com/danielpina1975/docs/algarve_informativo__198

Bottom Ad [Post Page]