UAlg participa em projeto estratégico para a sustentabilidade do Turismo no Mediterrâneo



A Universidade do Algarve integra o projeto BEST MED - Beyond European Sustainable Tourism Med Path, inserido na Priority Axis 4: Enhancing Mediterranean Governance, que visa projetar a governança do Mediterrâneo relativamente ao desenvolvimento turístico responsável, inclusivo e sustentável, estabelecendo uma estrutura ideal para a criação de melhores canais de comunicação entre os atores envolvidos. O grande desafio do «Best Med» passa por encontrar formas de atenuar a sazonalidade e minorar os processos relacionados com a falta de cooperação entre os atores turísticos na área MED, incluindo a participação ativa das comunidades residentes ao nível do desenho de políticas, promovendo a criação de destinos sustentáveis ​​a nível europeu.

O projeto, aprovado em outubro de 2019, tem um orçamento de 2 milhões, 999 mil e 774 euros e decorrerá até junho de 2022. Coordenado pela Fundación Público Andaluza El Legado Andalusí (Espanha), conta com 11 parceiros de Espanha, Itália, Grécia, Eslovénia, Croácia, França, Malta, Montenegro e Portugal. A equipa da Universidade do Algarve, liderada por Cláudia Ribeiro de Almeida (ESGHT), integra investigadores do Centro de Investigação em Turismo, Sustentabilidade e Bem-Estar (CinTurs), Alexandra Rodrigues Gonçalves (ESGHT), Elsa Pereira (Escola Superior de Educação e Comunicação), Marisa Cesário (Faculdade de Economia), Íris Lopes (Faculdade de Economia) e Margarida Mascarenhas (Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa), e será responsável por uma das tarefas basilares do projeto: testar um conjunto de atividades relacionadas com o desenvolvimento de rotas culturais que permitam ao turista visitar e permanecer em áreas de interior e, deste modo, enaltecer o património natural e cultural existente.
| Designed by Colorlib